16/05/2019

posso lavar o cabelo todos os dias sem prejudicar os fios e o couro cabeludo? [dicas do médico]


Eu, Mirian, sempre gostei muito de lavar o cabelo todos os dias. Mas, depois que passei para o ruivo-Marina-Ruy-Barbosa, tenho alternado as lavagens, para evitar o desbotamento dos fios - esse tom acobreado desbota que é uma coisa!



Por outro lado, sei que muitas pessoas ainda têm dúvida a respeito da lavagem diária dos fios. Por isso, acho bem útil poder compartilhar por aqui o artigo a seguir, assinado pela Dra. Cláudia Marçal, Dra. Valéria Marcondes e pela farmacêutica Mika Yamaguchi (biografias no fim deste post). Vamos lá!


Posso lavar o cabelo todos os dias sem prejudicar os fios e o couro cabeludo?

Dúvida comum daqueles que têm cabelo oleoso ou pratica atividade física constante, lavar os cabelos diariamente, em algumas situações e com os produtos corretos, pode até evitar queda e caspa - causadas pelo suor



Muitas dúvidas existem quanto aos cuidados diários com os cabelos, principalmente no caso dos praticantes de exercícios físicos, por conta da transpiração. Surge a dúvida: lavar os cabelos diariamente (e sofrer com o medo do ressecamento) ou não lavar (e correr o risco de o suor prejudicar os fios e o couro cabeludo)? “Lavar os cabelos todos os dias, desde que com bons produtos, e de preferência alternando xampus mais suaves com tratamento específico, não traz problemas à saúde do couro cabeludo ou às hastes. O ideal é não abusar da água quente, não lavar os cabelos à noite e nunca dormir com os fios molhados, o que provoca dermatite seborreica e queda”, explica a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). “Principalmente após o exercício, é importante a lavagem dos cabelos. É muito melhor lavá-los normalmente do que manter o suor no couro cabeludo e fios”, completa a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, membro da SBD.


Segundo a Dra. Valéria, o cloreto de sódio produzido no suor, em excesso, pode causar obstrução dos folículos, causando queda, além de ressecar os fios. “Por isso, antes do exercício, pode ser usado um óleo com ação antioxidante ou leave-in”, diz a Dra. Valéria. Outra boa forma de evitar esses problemas relacionados ao suor é a utilização de pré-shampoos antes de ir para a academia: ele controla a oleosidade do couro cabeludo e traz fórmulas que também podem fazer um tratamento reparador para os fios.



Mas é muito importante ficar atento à temperatura da água, quando for lavar os cabelos. “Além dos danos ao couro cabeludo e provocar dermatite seborreica, lavar os cabelos com água quente provoca a abertura das escamas do fio, pois ajuda a remover a proteção externa onde estão as ceramidas (gordura natural de proteção), provocando a abertura da cutícula das hastes, tornando os fios mais vulneráveis à formação de pontas duplas, ressecamento, além de tornar os fios sem brilho”, alerta a Dra. Claudia Marçal. “Lembrando que se deve aplicar o shampoo apenas uma vez e o condicionador apenas no comprimento dos fios”, completa a médica.

Após a lavagem, é recomendado o uso do condicionador e do leave-in para manter os cabelos saudáveis.

FONTES:
DRA. CLAUDIA MARÇAL
É médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas - SP.

DRA. VALÉRIA MARCONDES
Dermatologista da Clínica de Dermatologia Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser. www.valeriamarcondes.com.br

MIKA YAMAGUCHI
Farmacêutica pela faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP - Universidade de São Paulo, é também cosmetóloga e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, empresa fornecedora matérias primas para cosméticos. Especialista em prescrições dermo e nutricosméticas.

14/05/2019

[vídeo] melissa: nova galeria e nova coleção: modelos, preços, tijolos reciclados [peças reais] [sapatos e bolsas]



A nova Galeria Melissa está incrível! Ela foi reformulada e é claro que nós fomos conferir tudo, pra poder mostrar aqui, para você. Como tudo por lá é irresistível, também gravamos a coleção 2019, com seus preços também.



Para assistir, é só apertar o play abaixo ou clicar aqui: link.


Não esquece de contar pra gente se gostou do vídeo e, se curtiu, dá um joinha aeee! Ah, lembrando que quem se inscreve no canal, e ativa as notificações, recebe tudo em primeira mão, ativando as notificações! Bora lá! Bjoooooo.

03/05/2019

testei: perfume almenara / de la merche


Hoje vou falar de um perfume que descobri recentemente e que estou amando: é o eau de parfum ALMENARA, da DE LA MERCHE.



Para quem não conhece a De La Merche, vale a pena dar uma espiada no site da empresa pra saber todos os detalhes de seus produtos incríveis, com pegada vintage, cheios de carinho e, sobretudo, ideais para presentear aquela pessoa especial da sua vida. Agora, que o dia da mães está chegando, vale muito a pena conferir a proposta da marca e ver que produto combina mais com sua mãe... ou com você, né?

Antes de contar minha experiência com o perfume, quero dividir com você as informações que a marca nos passou. Olha só:


Não é um perfume, é uma máquina do tempo. Matérias-primas, há muito tempo esquecidas pela perfumaria, estrelam este eau de parfum, que tem por missão te transportar ao início do século XX.




A mais intensa fragrância que um antigo castelo sobre uma montanha pode inspirar. Assim é esse nobre perfume a lembrar uma região onde uma brisa refrescante balança suavemente os ramos das oliveiras da Sierra de Gata, na Espanha. Na explosão de notas cítricas que anunciam as notas florais de coração, repousam na base de tons amadeirados e especiados os misteriosos desejos de uma dama atravessando todos os tempos.

O caminho olfativo e as notas são descritas assim pela marca: Almenara é um perfume feminino que possui essência levemente adocicada, com um fundo amadeirado e refrescante. Notas cítricas explodem anunciando as florais de coração. Tons amadeirados, especiados e o acorde Chipre, na doce companhia de notas de âmbar e polvorosa, revelam o segredo que torna este perfume deliciosamente vintage, numa chave de sofisticação clássica de outros tempos.

A De La Merche informa que esse perfume é livre de insumos de origem animal, parabenos, óleo mineral, sulfatos, fenoxietanol, BHT e triclosan.


MINHA EXPERIÊNCIA

Acho que a De La Merche acertou completamente na descrição quando diz que é um perfume vintage. É justamente essa sensação que o perfume me transmite logo na primeira borrifada. 



Sendo assim, minha memória olfativa foi ativada imediatamente com essa fragrância. Lembrei muito da minha avó, que era de Almeria - Espanha e que costumava contar muitas histórias sobre a vida e os costumes de lá. Muitas coisas me marcaram, mas como o tema é o perfume, lembro bem do seu cheirinho, sempre perfumada com essências florais e, principalmente, amadeiradas, que ela gostava tanto.



Assim, a fragrância ALMENARA me lembra dias de luta, lutas do bem. Aquelas batalhas empreendidas no dia a dia por mulheres guerreiras que não se deixam abater facilmente. Ao mesmo tempo, esse perfume me transmite aconchego e segurança porque é assim que me sentia com minha vó. Então, acredito que é uma fragrância pra mulheres que não tem medo de se impor com suavidade, elegância e sofisticação.

Como disse lá em cima, esse perfume é um eau de parfum, por isso a durabilidade é excelente. Em minha pele sinto que fica por, aproximadamente 8 horas, ou seja, um dia inteiro. Se quiser saber mais detalhes sobre o que é um eau de parfum, expliquei os detalhes neste post: Perfume: Classificação Conforme a Concentração de Óleos Essenciais.



Continuando, olha, tenho de dizer: se você procura um perfume intenso, marcante e cheio de personalidade "esse é o cara". Logo na primeira borrifada, com suas notas cítricas, ele já diz a que veio. Posso dizer que as notas de saída se comparam à intensidade de um sapateado flamenco. Depois, conforme o tempo vai passando, a intensidade vai se transformando num bouquet exuberante de flores, tão maravilhoso e preciso como as mãos das bailaoras flamencas... desta forma, ele vai assentando na pele como uma dança cheia de garra, de atitude e de sentimentos profundos.



Além das notas cítricas e florais, sinto um fundo um pouco "picante" que, sinceramente, não sei dizer o que é, mas arrisco que possa ser alguma especiaria. As notas polvorosas deixam a fragrância atalcada e, pra mim, essa é uma das características que deixa este perfume muito vintage. A  projeção é incrível, com certeza você vai ser notada!

Acho que esse perfume combina muito bem com:

  • Noites de amor com aquela pessoa especial;
  • Espetáculos de dança, daqueles cheios de sofisticação;
  • Um bom vinho tinto;
  • Passeios noturnos por cidades misteriosas e românticas, com muita brisa e sonhos;
  • Com uma apresentação onde você quer impressionar o público com a sua força, entusiasmo e personalidade.

Esse perfume conta também com uma loção hidratante corporal, que é uma delicinha. A fragrância não é tão intensa quanto no perfume; ela é mais delicada e suave.



Agora, eu quero saber se você gostou de conhecer esse perfume diferente. O que você achou? É o tipo de perfume que você gosta? Conta pra mim nos comentários, vou adorar saber sua opinião!

Para saber tudo:
Preço na loja on-line da marca: Perfume (50 ml) R$ 299,00; Loção Hidratante Corporal (250 ml) R$ 85,00.

De La Merche
Site: www.delamerche.com.br

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

02/05/2019

vitamina c: entenda seu poder de ação como substância antioxidante, rejuvenescedora e clareadora [dicas do médico]


A vitamina C é um ativo que vem ganhando destaque no skincare, tanto em sua aplicação na formulação de produtos como em tratamentos estéticos clínicos.

Por ser, relativamente, uma novidade no segmento - que, há pouco, conseguiu estabilizar essa molécula complexa, pra que o produto não oxide e que, ainda, conte com um percentual de ação eficaz e eficiente - ainda existem muitas dúvidas, e até mitos, a respeito da Vitamina C.

Assim, para nos ajudar a saber mais e também para esclarecer algumas de nossas dúvidas, compartilhamos a seguir o artigo assinado pela Dra. Kédima Nassif, pela Dra. Claudia Marçal e pelo farmacêutico, consultor e pesquisador Lucas Portilho (as respectivas biografias estão no fim deste post):


Vitamina C: entenda o poder de ação da substância antioxidante, rejuvenescedora e clareadora

Especialistas reforçam o poderio anti-idade da Vitamina C, destacando sua ação antienvelhecimento, além de combater os radicais livres, impedir a formação de manchas e ajudar a evitar inflamações na pele



Referência dermatológica como um antioxidante, a Vitamina C tem vários benefícios para a pele, como ação clareadora, antienvelhecimento, imunoprotetora e até anti-inflamatória. É por conta de todas essas ações que essa vitamina é um clássico nas prescrições dermatológicas. “O Ácido Ascórbico, ou Vitamina C, é um poderoso antioxidante, cuja aplicação tópica permite alcançar níveis que não seriam possíveis com a ingestão de frutas ou de suplementação oral. De modo geral, além de frear a ação dos radicais livres, a vitamina estimula a formação de novo colágeno e ajuda a proteger a pele dos efeitos do sol, na medida em que uniformiza o tom de pele e melhora sua textura. Também é importante para diminuir as rugas”, afirma a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia. “Mas um dos problemas da vitamina C é garantir sua estabilidade, ou seja, impedir que a substância sofra oxidação em seu frasco. Outra questão é garantir que ela penetre nas camadas mais profundas na pele”, acrescenta a dermatologista Dra. Kédima Nassif, membro da SBD.

Segundo o pesquisador em Cosmetologia Lucas Portilho, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma, a Vitamina C está disponível no mercado em diversas formas, porém em muitas oxida com facilidade, pois o composto é quimicamente instável, perdendo rapidamente suas propriedades quando entra em contato com a luz, o oxigênio e o calor. Por isso, o ideal é que se dê preferência para produtos cuja vitamina é apresentada em nanocápsulas, isto é, encapsulada em micropartículas. “Para uso tópico, existe a forma pura da vitamina C (ácido L-ascórbico) e seus derivados. É uma tendência o uso da vitamina C em formas mais oleosas ou envolvida por complexos lipídicos, as talasferas ou nanosferas que também melhoram a penetração da vitamina C e sua eficácia, por facilitarem a interação entre a substância e os lipídios da pele”, diz a Dra. Kédima. É como se esses produtos fossem armaduras que protegessem a Vitamina C em seu núcleo e garantissem todos os benefícios do ativo ao entrar em contato com a pele.

Hoje, é possível encontrar Vitamina C em produtos, cujas doses variam entre 5 e 25% no geral, de forma que a concentração de 20% de Vitamina C estável já garante multibenefícios. Para saber mais sobre as ações da Vitamina C, confira o que os especialistas explicam:

Antioxidante — Segundo a dermatologista Dra. Claudia Marçal, a potente ação antioxidante da Vitamina C é atribuída à ação SOD-like (superóxido desmutase) que neutraliza os radicais livres. “A SOD é uma enzima antioxidante existente em nosso corpo. Com a Vitamina C, adicionalmente, o resultado é uma proteção muito maior contra os radicais livres”, destaca a Dra. Claudia. “Os radicais livres gerados pela radiação ultravioleta desencadeiam reações que causam diversos danos às células, como alterações químicas diretas ao DNA celular e à membrana celular e a quebra de proteínas, como colágeno e elastina, além de acelerarem o envelhecimento cutâneo e estimularem a produção de mediadores que contribuem para a inflamação. Então, a Vitamina C é efetiva contra os raios UVB e UVA, pois, apesar de não absorver a luz ultravioleta como os filtros solares químicos, exerce ação fotoprotetora ao neutralizar os radicais livres”, diz Lucas. A Vitamina C ainda oferece proteção avançada contra a oxidação, ao funcionar como um bloqueio físico ao dano da radiação. “O ativo também promove benefício biológico, com a redução das células queimadas e em mutação. Estudos da Universidade de Yale asseguram que antioxidantes como a Vitaminas C e E, quando usados juntos, têm efeito benéfico para proteger e evitar a formação de dímeros (mutação) no DNA. Os dois antioxidantes promovem proteção maior, potencializando a fotoproteção”, explica a médica.


Antienvelhecimento — Segundo a Dra. Kédima, a vitamina C participa de uma reação química que organiza as moléculas de colágeno em fibrilas, a forma que tem função na pele. O ativo também age na firmeza e elasticidade da pele, com dupla ação sobre o colágeno: promovendo sua síntese e impedindo a atividade das enzimas de degradação. “Ao inibir as enzimas MMP-2 e da MMP-9 (responsáveis pela destruição das fibras de ancoragem e sustentação da pele), a Vitamina C age prevenindo o envelhecimento cutâneo. Além disso, o ativo promove a formação de colágeno na pele, uma vez que é cofator dessa síntese”, explica a Dra. Claudia Marçal. Em outras palavras, produzindo mais colágeno (principalmente do tipo 1 e 3) e inibindo a sua degradação, a pele apresenta mais firmeza e melhora da elasticidade. Aliás, é vantajoso combinar a Vitamina C com outros ativos como o ácido hialurônico. “A aposta nessa associação parte do princípio que o ácido hialurônico, por si só, já eleva a produção do colágeno da pele e aumenta a hidratação cutânea, como é visto em alguns estudos, resultando em melhora da sustentação, textura e rugas. A vitamina C é responsável por estabilizar o colágeno formado no organismo e assim, ao juntar os dois componentes, aumentamos o nível e a qualidade do colágeno produzido na pele”, diz a Dra. Kédima.



Imunoprotetor e anti-inflamatório — Como benefício imunoprotetor, reduz os mensageiros pró-inflamatórios, estimulados pela exposição aos raios ultravioleta. “Além disso, a Vitamina C pode ser utilizada no tratamento da acne e rosácea, além de conseguir prevenir processos de hiperpigmentação pós-inflamatória. Isso porque o ingrediente inibe o Fator Nuclear Kappa B (NF-kB), complexo proteico responsável pela ativação de diversas citocinas e interleucinas pró-inflamatórias, moléculas que participam da comunicação entre as células e desempenham um papel importante na regulação do sistema imunológico, acelerando o processo inflamatório”, lembra Lucas Portilho. A dermatologista Dra. Claudia Marçal também analisa que a Vitamina C protege e restringe os danos celulares no DNA, quando reduz a expressão da proteína P53, um mecanismo de defesa que, em alta quantidade, gera deficiência em agentes antioxidantes, levando à morte celular com consequente envelhecimento precoce.



Clareamento — Outra característica do ativo é com relação à potente ação despigmentante, já que a Vitamina C inibe a atividade da enzima tirosinase, responsável pela síntese de melanina, pigmento que dá cor à pele. “Essa enzima atua no processo de formação de melanina, o que origina as manchas (melanose ou melasma). Ao inibir essa atividade, há efeito clareador na pele”, destaca a Dra. Claudia Marçal. “Os agentes despigmentantes podem agir por diversos caminhos de ação diferentes, seja pela destruição dos melanócitos ou pela interrupção de processos chave na produção da melanina. A Vitamina C encaixa-se no segundo grupo, pois age interagindo com íons de cobre nos sítios de ativação da tirosinase, inibindo assim a ação desta enzima e, consequentemente, diminuindo a formação de melanina”, detalha Lucas.

Por fim, a Dra. Kédima lembra que a vitamina C é um produto seguro e, como contraindicação, há a presença de alergia ao veículo ou a algum componente da fórmula. “Quanto à faixa etária, não a usamos em crianças, porém, a partir da adolescência, seu uso já é possível, caso haja recomendação dermatológica”, finaliza a médica.

FONTES:

DRA. KÉDIMA NASSIF: Dermatologista e Tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. www.kedimanassif.com.br

DRA. CLAUDIA MARÇAL: É médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas - SP.

LUCAS PORTILHO: Consultor e pesquisador em cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma e Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Especialista em formulações dermocosméticas e em filtros solares. Diretor das Pós-Graduações do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional, Hi Nutrition Educacional e Departamento de Desenvolvimento de Novas Fórmulas. Atuou como Coordenador de Desenvolvimento de produtos na Natura Cosméticos e como gerente de P&D na AdaTina Cosméticos. Possui 17 anos de experiência na área farmacêutica e cosmética. Professor e Coordenador dos cursos de Pós-Graduação com MBA do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional. Coordena Estágios Internacionais em Desenvolvimento de Cosméticos na Itália, França, Mônaco e Espanha. Atua em desenvolvimento de formulações para o mercado Brasileiro, Europeu e América Latina.

29/04/2019

testei: sérum intensivo multiclareador chronos/natura #oavessorecomenda


Depois da acne, as manchas na pele, resultado de anos de exposição ao sol, principalmente na piscina e na praia - adoro nadar! - foram um dos principais motivos de eu procurar o dermatologista e de começar, logo cedo, a manter uma rotina de skincare.



Por isso, conforme recomendação do médico, um medicamento clareador à base de tretinoína (tem post a respeito, clica aqui), foi um dos primeiros cuidados que incorporei na minha rotina. Apesar de esse medicamento apresentar um resultado muito bom, durante e após o tratamento, ele também é bem agressivo com minha pele sensível, chegando ao ponto de eu ter de usá-lo em dias alternados e na concentração mais baixa dos ativos.



Com tudo isso, posso dizer que sempre fui bem desconfiada com dermocosméticos voltados para o clareamento. Ainda assim, como gosto bastante da linha Chronos e dos produtos da Natura em geral, resolvi experimentar o Sérum Intensivo Multiclareador, lançamento da marca - e o resultado realmente me surpreendeu muito, muito mesmo!

Logo na primeira semana de uso, percebi que as manchas de sol diminuíram levemente, assim como percebi também que a pele começava a ganhar mais  uniformidade. Continuando o tratamento por semanas, pude notar que os benefícios se mantiveram e até melhoraram.

De verdade, bem surpresa e empolgada com este sérum porque é muito difícil, mas muito difícil mesmo, encontrar um produto com esses benefícios, mas que ao mesmo tempo não seja, digamos assim, um medicamento prescrito pelo dermato.

MINHA EXPERIÊNCIA DE USO

Minha rotina de aplicação é bem simples: uso somente à noite, depois de limpar e tonificar a pele, aplicando uma pequena quantidade do sérum em todo o rosto, evitando áreas muito próximas aos cantos da boca, do nariz e dos olhos. Apesar de a Natura recomendar que, no início, esse produto seja usado em dias alternados, percebi que posso usá-lo diariamente e que ele não é nada agressivo com minha pele, que, como disse, é bem sensível a produtos desse tipo. Outra recomendação da marca é que ele não seja aplicado no dia da esfoliação e isso, sinceramente, acho que deve ser seguido à risca, para não deixar a pele ainda mais sensibilizada.



Embora a Natura afirme que sua consistência é aveludada, eu prefiro aplicar o sérum mais ou menos na hora do jantar, para que ocorra uma boa absorção e para que o produto não grude no travesseiro, sabe? Ele não é desconfortável, mas precisa estar bem seco para que se torne imperceptível.

Assim como acontece com outros produtos focados no clareamento, é indispensável que, durante o dia, seja usado um protetor solar com FPS superior a 30, mas, é aquilo: não tem como ter uma pele bonita e saudável se o protetor solar não for usado diariamente, né?



Bom, neste post, quis começar explicando minha experiência de uso e os benefícios que percebi em mim ao usar Sérum Intensivo Multiclareador de Chronos, mas agora acho interessante compartilhar outras informações pertinentes que a Natura compartilhou com a gente.

[INFORMAÇÕES FORNECIDAS PELA NATURA:]

O Sérum possui ação clareadora em diferentes tipos de áreas escurecidas, em todos os seus estágios de formação, prevenindo a formação de novas. A sua eficácia foi comprovada com resultados ainda mais rápidos e intensivos, ou seja, reduz as diferenças de tonalidades da pele em apenas duas semanas de uso contínuo.

Possui a tecnologia de união de ativos que trabalham em conjunto na função de clareamento de manchas e prevenção contra o aparecimento de novas áreas escurecidas na pele. O concentrado de aroeira, exclusivo ativo da biodiversidade brasileira, possui potente ação reguladora da produção de melanina. Já os 10% de vitamina C mereciam um capítulo à parte. A vitamina C é um ativo altamente reconhecido na cosmética dermatológica por sua potente ação e benefícios para a pele. No entanto, a vitamina C é um ativo altamente instável, resultando na perda de performance, alteração de cor e cheiro conforme o uso de qualquer produto que contenha o ingrediente na formulação. Por isso, o desafio de Natura Chronos era trazer uma fórmula eficiente com alta concentração de vitamina C pura, que se mantém potente e estável durante toda a vida útil do produto.





No novo Sérum Intensivo Multiclareador, os 10% de vitamina C trazem uma poderosa ação na inibição da primeira etapa da formação da melanina e se encontra presente nesta fórmula em sua máxima potência, ou seja, para ter a eficácia que Natura Chronos precisava, não bastava ter alta concentração de vitamina C. Era preciso que ela estivesse pura, solúvel e estável. Pura, porque possui maior eficácia e, assim, está pronta para agir na pele; solúvel, pois possui maior capacidade de absorção na pele e permeação até as camadas mais profundas; e estável, maior potência da vitamina C até a última dose do produto.

O produto contém ainda potentes ativos clareadores, que juntos com a aroeira e com os 10% de vitamina C, atuam em todos os estágios de formação das manchas. O ácido ferúlico, potente ativo antioxidante, está presente a 0,5% nessa formulação e inibe a ação dos radicais livres na pele, desacelerando o processo de formação de manchas. Já o ácido glicólico se apresenta em uma concentração de 4% e promove um peeling químico, capaz de retirar as células superficiais da epiderme que estão com excesso de melanina e estimular a renovação celular.

Além de sua exclusiva tecnologia, o Sérum Intensivo Multiclareador traz mais uma novidade: sensorial inovador, com textura diferenciada e com absorção ideal, que deixa a pele imediatamente macia e aveludada. "O segredo da alta concentração de vitamina C pura, solúvel e estável do novo Sérum Intensivo Multiclareador é também o segredo de seu sensorial inovador. Nossos pesquisadores desenvolveram um sistema de formulação exclusivo, com patente requerida, que foi capaz de estabilizar a alta concentração de vitamina C pura e dos demais ativos dessa formulação" afirma Fernanda Martins Rol, diretora de cosmética da Natura.

O novo sérum possui resultados imediatos na pele, com benefícios que se acumulam ao longo do período de uso:

Imediatamente: Deixa a pele macia e aveludada, melhorando a sua textura;
- Em 7 dias: Promove a renovação celular e regula a formação de melanina, prevenindo a formação de novas áreas escurecidas;
- Em 15 dias: Reduz as diferenças de tonalidade da pele, deixando-a mais uniforme e iluminada;
- Em 30 dias: Reduz o tamanho, quantidade e a intensidade de áreas escurecidas, desde as camadas mais profundas da pele, eliminando-as desde a sua formação.

Esses resultados foram clinicamente comprovados em diferentes tipos de áreas escurecidas do rosto, em diferentes tons de pele. 100% dessas mulheres ficaram com as áreas escurecidas visivelmente mais claras em 12 semanas.*
* Teste de eficácia – avaliação clínica instrumental

Achei que realmente esse produto é eficaz, que vale a pena como um tratamento clareador de manchas e que, apesar de não ser barato, está na média dos medicamentos e produtos similares, já que seu preço é R$ 123,00.

Ah, vale dizer que esse produto serve para todos os tipos e tons de pele e que não existe uma faixa etária definida para usá-lo, então, tá liberado! Mas, é claro, sempre vale o bom senso, então, na minha opinião, acredito que o ideal é usá-lo a partir de 20 anos de idade e com a aprovação de seu médico.

No geral, estou bem feliz com esse produto, ele é perfeito para cuidar das manchas em minha pele sensível, sem ser agressivo e, com o outono/inverno chegando, chega também a época ideal para começar tratamentos de pele, principalmente, tratamentos focados no clareamento.

Agora, me conta: você tem manchas no rosto? Quais são seus cuidados com elas? Fala aí!

Para saber tudo:

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

22/04/2019

testei: nivea milk mousse e nivea silk mousse framboesa e ruibarbo #oavessorecomenda


Hoje vou falar de dois novos produtos, com textura mousse, que gostei muito. São eles, o SILK MOUSSE ESPUMA DE BANHO DE FRAMBOESA E RUIBARBO e o MOUSSE MILK, ambos da NIVEA.



Não sei você, mas eu amo produtos com textura mousse, tanto para o corpo como para o cabelo. Adoro esse tipo de "espuma concentrada" e sua suavidade ao mesmo tempo. Acho incrível esse sensorial!

Desta forma, conto os detalhes e minha experiência com cada um dos dois produtos da Nivea. Vem!

SILK MOUSSE ESPUMA DE BANHO FRAMBOESA E RUIBARBO



De acordo com a Nivea, esta mousse, delicadamente suave, envolve o corpo no banho, proporcionando uma experiência alegre. Faz a pele sentir-se suave e sedosa ao toque. Graças a sua fórmula leve, limpa gentilmente, ao mesmo tempo que deixa uma sensação de suavidade e cuidado na pele. Em equilíbrio com o pH da pele. Compatibilidade com a pele dermatologicamente comprovada.




O QUE ACHEI: Muito boa a textura mousse, realmente isso faz com que o banho fique bem relaxante e único. Adorei o sensorial! Essa espuma parece muito com creme de barbear, só que com um toque mais aveludado... é tudo de bom. Na hora que passo o produto e espalho na pele, é como se estivesse passando um creme hidratante bem suave, não é a espuma tradicional de sabonete que conhecemos, OK? Depois de passar no corpo todo e sentir o cheirinho delicioso e delicado de framboesa, é hora de enxaguar e sentir a pele macia e suave, além de bem limpinha. Claro, depois ainda é necessário hidratar a pele, mas o bom é que essa mousse já deixa a pele lisinha e preparada para receber o hidratante. Também é uma mousse muito boa para depilação no banho, adorei! Agora, quero experimentar as outras fragrâncias.

MILK MOUSSE



De acordo com a marca, possui textura inovadora, leve e cremosa, que é rapidamente absorvida, deixando a pele intensamente hidratada e macia desde a primeira aplicação. Conta ainda com hidratação profunda, por 48h, graças ao óleo de amêndoas.




O QUE ACHEI: Como disse, a textura em mousse é uma delícia, bem cremosa e encorpada na medida certa. Por ter essa característica encorpada, uma pequena quantidade é suficiente para espalhar no corpo todo, consequentemente, acho que é um produto que rende muito. Achei que a absorção é rápida mesmo, adorei! O cheirinho, claro, é aquele famoso da Nivea, que a gente já conhece, só que bem mais suave e delicado - e essa é outra característica que gostei muito. Embora seja suave, percebi que fica por muitas horas na pele, e até na roupa. Senti que a pele fica extremamente hidratada, principalmente, nas partes mais secas do corpo, como pernas e cotovelos. Não deixa a pele "melequenta" e dá pra sentir o creme no corpo até o próximo banho. Dá pra sentir também, levemente, o óleo de amêndoas - e essa sensação é incrível! Agora, falando um pouco da embalagem, tenho de dizer que a primeira "pressionada" para quebrar do lacre, tem de ser feita com força, viu, gente?! Acho que é uma embalagem excelente pra carregar na mala, sem precisar se preocupar com vazamentos.



Pra finalizar, só posso dizer que gostei dos dois produtos e que já viraram queridinhos por aqui. Agora, me conta qual é o produto, com textura mousse, que você não vive sem!

Para saber tudo:
O preço do Milk Mousse nas lojas on line varia de R$ 22,00 a R$ 25,00 e a Espuma de banho de R$ 23,00 a R$ 33,00.
Preços pesquisados em Abril/2019.

Nivea
www.nivea.com.br


[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

17/04/2019

[vídeo] arezzo, schutz, santa lolla e shoestock outono/inverno 2019: novas coleções, tendências, lançamentos, preços [sapatos e bolsas]



Reunimos as coleções, lançamentos, tendências e apostas, em sapatos e bolsas, da Arezzo, Schutz, Santa Lolla e Shoestock, para o outono-inverno/2019, com seus respectivos preços.



Para assistir, é só apertar o play abaixo ou clicar aqui: link.


Não esquece de contar pra gente se gostou do vídeo e, se curtiu, dá um joinha aeee! Ah, lembrando que quem se inscreve no canal, e ativa as notificações, recebe tudo em primeira mão, ativando as notificações! Bora lá! Bjoooooo.

perfume: classificação conforme a concentração de óleos essenciais


Hoje quero falar de como são os perfumes são classificados, o que cada nomenclatura significa... porque acho que, assim, fica muito mais fácil escolher o tipo de perfume que você quer levar pra casa. Seja uma fragrância mais intensa, para usar em doses homeopáticas, seja uma pra tomar banho de perfume... literalmente.



Não sei se você sabe, mas os perfumes são divididos de acordo com a concentração de óleos essenciais que eles têm na fórmula. Os óleos essenciais são as fragrâncias puras (sem nenhuma mistura), que podem ser naturais (retiradas de flores, por exemplo) ou sintéticas (criadas em laboratório). Eles são a alma dos perfumes! Como parte do processo de produção, esses óleos são misturados a outros ingredientes, como ao álcool, à água, entre outros.

A concentração desses óleos essenciais é o que define se um perfume terá mais durabilidade, se terá mais fixação na pele, se será intenso ou bem delicado...

Com isso,  quero dizer que ao contrário do que muita gente pensa, não existe um ingrediente que seja "fixador" de perfume. Na verdade, o que faz que um perfume dure mais ou menos em nossa pele é associação da quantidade de óleos essenciais (como expliquei acima) e também os tipos de ingredientes presentes na fórmula, principalmente nas notas de fundo, que são elas que fazem a fragrância durar... mas isso é outro assunto, que deixo pra comentar em outro post, combinado?

Então, vamos conferir os detalhes de como são classificados os perfumes? As informações foram gentilmente cedidas pela GIVAUDAN - a Givaudan é uma fabricante suíça de sabores, fragrâncias e ingredientes cosméticos. Vem!

EAU DE COLOGNE - conta com uma concentração de 2% de óleos essenciais. Por conta dessa concentração baixa, é um perfume super suave, que dura pouco na pele.

ÁGUAS DE BANHO - a concentração é de 4 a 8% de óleos essenciais. São fragrâncias suaves, ideais para o pós-banho. A durabilidade na pele é baixa, aproximadamente 2 horas.

EAU DE TOILETTE OU DEO COLÔNIA - concentração de 9 a 15% de óleos essenciais. É a maioria dos perfumes lançados aqui no Brasil. Alguns têm durabilidade, na pele, de 4 a 6 horas, dependendo do tipo de ingredientes usados nas notas de fundo.

EAU DE PARFUM - concentração de 15 a 18% de óleos essenciais. Aqui estão representados os perfumes intensos, que ficam na pele por mais de 6, 7 ou 8 horas. A intensidade está na dose e na qualidade dos óleos essenciais. Aliás, a fragrância não precisa ser "forte", mas com certeza vai durar bastante na pele.

PARFUM - concentração de 18 a 20% de óleos essenciais. São fragrâncias raras e muito, muito intensas. Aqui no Brasil é muito difícil encontrá-las, comercialmente falando. Também por contar com essa alta concentração, os preços são condizentes, ou seja, são fragrâncias bem caras. O parfum pode durar por até 12 horas na pele.

ELIXIR - concentração de +20% de óleos essenciais. É a forma mais pura do perfume e, raramente, esse tipo de produto é comercializado. Imagina o preço, né? Na pele, a durabilidade é de mais de 12 horas e é o tipo de fragrância que fica impregnada no ar!





Agora, eu quero saber qual é seu perfume favorito e por quê? Pela durabilidade, pelas lembranças que desperta em você, por indicação de uma amiga... Tô curiosa, conta tudo nos comentários, vou adorar saber!

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]