20/08/2019

testei: pure c 40 ultra - mousse de vitamina c pura / ada tina italy


Hoje vou contar minha experiência com um lançamento bem bacana da ADA TINA ITALY, o MOUSSE DE VITAMINA C PURA - PURE C 40 ULTRA. Depois de usar bastante e observar os resultados na minha pele, conto todos os detalhes neste post. Muitas marcas têm investido bastante em produtos com vitamina C e, consequentemente, as fórmulas têm melhorado também. Por isso, antes de mais nada, sugiro que você converse com seu dermatologista pra ver se produtos com vitamina C são recomendados para sua pele. Eu tenho gostado muito deles! Ah, neste post,  vitamina c: entenda seu poder de ação como substância antioxidante, rejuvenescedora e clareadora [dicas do médico]você pode saber mais a respeito do ativo


De acordo com a marca, Pure C 40 Ultra de ADA TINA é o primeiro mousse ultra concentrado e antioxidante com 40% de vitamina C pura, garantindo o clareamento intensivo da pele, reduzindo rugas profundas, marcas de expressão e sinais do envelhecimento, promovendo máxima eficácia anti-idade, Ultra Ação Rejuvenescedora e Clareadora da Pele. Pure C 40 Ultra contém uma altíssima concentração de vitamina C pura com textura mousse, toque extrasseco e aveludado, sendo eficaz na redução de 5 tipos de rugas, além de melhorar a firmeza, iluminar e promover o clareamento intensivo da pele já em 14 dias de uso.

VEJA A SEGUIR TUDO O QUE A MARCA INDICA SOBRE O USO DESSE PRODUTO:

ADVERTÊNCIA 


Devido à alta concentração de ácido ascórbico (vitamina C pura) poderá ocorrer leve ardência ou pinicação após o uso do produto. Neste caso, utilize-o em dias alternados. Caso persistam os sintomas, interrompa o uso e entre em contato com seu médico dermatologista.

Não aplicar nas proximidades dos olhos e/ou lábios. Utilizar, preferencialmente, à noite; pela manhã, lavar a pele e aplicar sempre um protetor solar FPS 30 ou maior.

  • Em caso de irritação, utilizar em dias alternados.
  • Não associar com agentes esfoliantes. 
  • Não aplicar sobre a pele sensibilizada.


QUEM DEVE USAR

Pure C 40 Ultra está indicado para tratamento intensivo dos sinais do envelhecimento cutâneo, como rugas profundas, marcas, linhas de expressão e flacidez, além de clarear, iluminar e uniformizar a tonalidade da pele. 

COMO USAR NO ROSTO

Aplique uma camada fina de Pure C 40 Ultra uma vez ao dia, preferencialmente ao deitar, sobre a pele limpa e seca.

Depois de tudo bem explicado, conto como foi minha experiência:

A textura é incrível, parece um primer. Assim que aplico no rosto, a pele vai ganhando um aspecto aveludado e um toque seco. É o tipo de consistência que fica bem confortável no rosto. Ao contrário de vários outros produtos com vitamina C que já experimentei, esse da Ada Tina não fica melequento e nem deixa a pele oleosa. Nota 10 nesse quesito! Adorei a textura!



Eu costumo aplicar à noite, conforme recomendado pela marca. Nos primeiros dias, apliquei 3 dias seguidos e senti uma ardência muito forte, então mudei a rotina e comecei a aplicar um dia sim e outro não. Porém, mesmo assim, a sensação ainda foi muito intensa em minha pele. Por isso, o ideal, no meu caso, é aplicar a cada dois dias. Desse jeito, consegui fazer o tratamento, mas não consegui ver o resultado em apenas 14 dias - precisei de bem mais tempo para começar a ver os resultados.

Olha só: NÃO APLIQUE MESMO nos cantinhos da boca, nariz e olhos! Fiz isso, sem querer, e a ardência foi muito grande! #ficaadica

Também é importantíssimo aplicar protetor solar no dia seguinte: use sempre filtro solar conforme indicado pela marca, ou seja, com FPS 30 ou mais.


Agora, vamos aos resultados. Achei que clareia, sim, a pele, mas o clareamento é lento; não espere milagres da noite para o dia. Tenho uma mancha com coloração castanha intensa no rosto que ficou bem mais clara com o uso deste produto, mas não desapareceu completamente. Ela ainda está bem visível e, depois de conversar com meu dermatologista, sei que preciso de outro tipo de tratamento para que seja bem amenizada.

Acho que funciona bem o rosto, porque as manchas de sol mais clarinhas dão uma clareada boa. 

Em relação às rugas, senti que também são amenizadas, mas não desaparecem totalmente. 

Para mim, um dos efeitos que mais gostei usando o Pure C 40 Ultra é que a pele ganha muita luminosidade e sua aparência fica bem mais uniforme, pois existe, sim, um clareamento visível. Achei que a pele ganha uma aparência mais jovem e mais descansada, principalmente na região próxima aos olhos, onde a gente costuma aplicar iluminador, sabe? (mas, lembre-se: não aplique o produto próximo aos olhos).

Pra finalizar, tenho de dizer que gostei do produto, senti que ele é eficiente, mas não adianta nada interromper o tratamento ou esperar resultados rápidos. É necessária paciência e determinação, por isso, se for usar, já pensa que vai precisar de mais de um mês pra ver resultados, combinado?

Agora, eu quero saber: você já usou algum produto à base de vitamina C? O que você achou, sentiu a melhora na pele? Conta pra mim nos comentários, vou adorar saber!


Para saber tudo: 
Preço sugerido: R$ 320,00 (30 ml)

Ada Tina Italy
Site: link

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

13/08/2019

testei: os perfumes les sorbets de nina / nina ricci


Esse post é fofura pura! Fiquei emocionada quando abri as caixinhas dos novos perfumes de NINA RICCI, os LES SORBETS DE NINA. Os frascos são puro desejo, em suas cores em tons pastel, no formato tradicional da maçã, que desta vez chega mordida!



Essas novas fragrâncias, como o próprio nome sugere - sorbet - são indicadas para dias quentes, quando tudo o que mais queremos é frescor

Pra começar a conversa, a seguir, divido com você as informações que a marca nos passou sobre esses novos perfumes:

E se as fragrâncias Les Belles de Nina se transformassem em sobremesas geladas (soberts), para uma edição limitada? Assim, os perfumes Nina, Luna e Bella foram reinterpretados em uma versão gelada, Les Sorbets de Nina. Os três contam com aroma floral, com "sabores" viciantes, que imediatamente despertam os sentidos. Acentuam a sensualidade com um desejo irresistível de mergulhar nela.

Qual o objetivo de apresentar novamente os emblemáticos frascos em forma de maçã de Belles de Nina? Mais atraentes do que nunca, este ano essas edições limitadas parecem já ter sido mordidas. O fruto proibido finalmente foi mordido.


Seu vidro ficou fosco, com uma aparência gelada, enquanto os três frascos assumem tons pastel de bombas de gelo: rosa-framboesa para Nina, azul-iceberg para Luna e verde-pistache para Bella. O frasco inteiro é adornado com pontos dourados que simplesmente brilham.

As embalagens destas edições limitadas também são originais, revestidas em listras elegantes, sugerindo as delícias do clima bom, ao mesmo tempo em que vestem camisas leves sobre minúsculos potes de sorvete.

MINHA EXPERIÊNCIA

LES SORBETS DE LUNA




É descrito assim pela marca: GRANITA DE PERA. Imagine uma aliança de frutas frescas e um buquê de flores levemente gelado...

No coração desta água, criada por Fabrice Pellegrin, os aromas do sabor da bergamota e uma suculenta pera-nashi se misturam com jasmim, magnólia e peônia, que parecem (graças à chegada de uma harmonia cristalina) formar uma composição floral, com pingos de orvalho.

E com relação à sensibilidade? Tem um traço de cedro quase leitoso com um toque suave de almíscar.

O que achei: uma delícia encantadora logo na primeira borrifada! É uma fragrância realmente fresca e extremamente floral. O cheirinho das frutas frescas é o que, pra mim, dá essa sensação gelada que a marca quer transmitir e, olha, conseguiram transmitir isso, sim! Perfume delicinha para dias quentes de verão e pura alegria. Dias românticos e preguiçosos são sua cara. Combina com cabelo ao vento e vestidos transparentes, com flores brancas e amores inocentes. É fragrância de fada! 

LES SOBERTS DE NINA



É descrito assim pela marca: PRALINÉS ULTRAGELADOS. A surpresa de uma delícia gelada.

Se a versão original de Nina tivesse um sinal particular, seria seu lado caramelo delicioso. Esta assinatura indulgente pode ser encontrada em uma nova variação orquestrada por Olivier Cresp, graças a uma irresistível nota de praliné.

Mas este toque suave não diminui o frescor dominante: desde a primeira borrifada, este novo prazer olfativo revela uma surpresa, graças à vivacidade ácida do limão, da satsuma e da framboesa. Um elixir cheio de energia, suavizado por uma delicada harmonia de gardênia e jasmim.

O que achei: adorei a mistura do docinho da framboesa com a intensidade do limão. Realmente dá pra sentir bem essa mistura. É uma fragrância radiante, que remete aos raios de sol e à alegria de um sorriso. É bem fresquinha, sem ser intensa, possui uma certa suavidade e acho que seu lado docinho discreto transmite um certo mistério. Combina com tardes que emendam noites, com o doce da maçã do amor, com sorrisos enigmáticos, vestidos curtos ao vento e com muita alegria.

LES SOBERTS DE BELLA


É descrito assim pela marca: COQUETEL DE FRAPÊ. O resultado efervescente de um néctar gelado de frutas.

Sublinhado por toques de tangerina, toranja, ruibarbo e romã verde, que aparecem neste líquido assinado por Sonia Constant, tão refrescantes como se todos tivessem sido criogenizados. Um acorde adequado para adicionar frisson com um toque de geleia de rosas e notas amadeiradas vibrantes. Sem esquecer de um punhado de perilla e violetas amassadas, cujas fragrâncias verdes adicionam um aroma com sabor de naturalidade.

O que achei: gostei bastante do frescor cítrico e do cheirinho levemente doce que fica na pele depois de alguns minutos. É uma fragrância vibrante mesmo, assim como a marca descreve. Acho que tem cheiro de aventura e de tardes cheias de compromissos sociais, à beira da piscina ou numa praia. Super combina com pores-de-sol, com amores de verão, com sorvete em dias calorentos e com beijos suaves.



Tenho de dizer que gostei de todas as fragrâncias e mais ainda de todos os frascos, mas por ter mais aroma floral na fórmula, tenho de dizer que o LES SORBETS LUNA é o que mais gostei. As flores têm grande destaque nessa fragrância. Agora, falando da durabilidade, em minha pele eles ficam por, aproximadamente, 3 horas, depois tenho de reaplicar para sentir a intensidade do aroma novamente. Esses perfumes são eau de toilette, por isso a durabilidade na pele não é muito intensa. Se você quiser saber o que é um perfume "eau de toilette", tem post aqui explicando tudo: Perfume: Classificação Conforme a Concentração de Óleos Essenciais.


Agora, eu quero saber se você também é apaixonada por esses perfumes e frascos, assim como eu. Qual é o seu preferido? Conta pra mim nos comentários, vou adorar saber!


Para saber tudo:
Preço sugerido: R$ 429,00 (80 ml), cada. Edição limitada.
SAC 0800 704 3440

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

04/08/2019

saiba os cuidados que você deve ter com o cabelo durante o inverno [dicas do médico]

::::: por equipe :::::

Vamos confessar: no inverno, a gente sempre sente aquela preguicinha de lavar o cabelo, né, porque o frio de manhã e à noite, fica bem intenso... pelo menos está assim aqui em São Paulo. Por conta disso, acabamos relaxando um pouco nos cuidados do cabelo, mas é sempre bom ficar atenta e não perder a saúde dos fios nessa época do ano.


Créditos da foto


Por tudo isso, achamos legal dividir com você algumas dicas bacanas que recebemos da Dra. Kédima Nassif. Tomara que goste!


Saiba os cuidados que você deve ter com o 
cabelo durante o inverno

Saiba como cuidar bem das madeixas para que elas não sofram com a ação do tempo frio e do clima seco

Você pode não perceber, mas nossos hábitos diários mudam na estação mais fria do ano – e isso influencia na saúde do cabelo. “Com a queda da temperatura, os banhos se tornam mais longos e quentes. O couro cabeludo, que é rico em glândulas sebáceas, sofre um ressecamento excessivo causado pela alta temperatura do chuveiro e o resultado é a produção de oleosidade rebote, o que torna os fios pesados e favorece o surgimento da caspa e da queda capilar”, explica a tricologista e dermatologista Dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Associação Brasileira de Restauração Capilar.

Além disso, com a baixa umidade do ar (tempo seco) aliada à poluição, é comum que os fios fiquem mais ressecados e sujeitos à quebra. “Isso acontece porque o vento, a poeira, a poluição e o tempo muito seco retiram a oleosidade e a hidratação natural do fio”, diz.

Créditos da foto
Nesse período, o cabelo também demora mais para secar depois de lavado, por isso, o uso do secador se torna mais frequente. “Para evitar que o cabelo fique mais seco, o truque é usarmos sempre um protetor térmico no cabelo. Também é importante hidratar bem o cabelo, pois o fio saudável é mais resistente e a hidratação é fundamental”, diz a médica. Para passar ileso pelo período mais frio do ano, a tricologista dá algumas dicas:

Temperatura do chuveiro - Evitar água muito quente, pois ela retira a oleosidade natural da pele e do cabelo, provocando ressecamento. A temperatura deve ser no máximo de 35ºC a 40ºC, que embaça um pouco o espelho. Se todo o espelho estiver embaçado, a água deve estar em excessivos 60ºC, aproximadamente.

Uso de secador de cabelo - Como é mais frequente no inverno, deve ser utilizado mais afastado do cabelo, para evitar o aquecimento do couro cabeludo e prevenir descamações.

Hidratação do cabelo - A máscara ideal para causar um efeito nutritivo ao cabelo pode conter, na composição, produtos derivados de vegetais (manteiga de karité, manteiga de cacau, manteiga de oliva, óleo de algodão, óleo de jojoba), com ativos que repõem os nutrientes necessários para manter o cabelo nutrido e bonito ao longo do inverno.

Créditos da foto
Reparação dos cabelos quimicamente tratados – Consulte um médico dermatologista ou tricologista que poderá prescrever fórmulas com ativos especialmente desenvolvidos para tratar o cabelo que já passou por algum tipo de química.

Uso de condicionador e cremes sem enxágue - Aplique da metade para baixo nos fios. Evite o contato com o couro cabeludo para prevenir descamações. Lave retirando bem o produto. O creme sem enxágue também deve ser aplicado evitando-se o contato com a raiz.

Beber muito líquido - Não devemos esquecer o consumo de água, frutas e verduras, que ajudam na hidratação.

Visite o dermatologista – Muitos problemas do cabelo podem ser tratados com procedimentos em consultório ou com a prescrição médica.

Fonte:
DRA. KÉDIMA NASSIF
Dermatologista e Tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. www.kedimanassif.com.br

31/07/2019

arezzo e schutz primavera-verão 2019/2020: lançamentos, tendências, apostas, preços - bolsas e sapatos femininos [coleções resort/cruise]



Há poucos dias, a Arezzo e a Schutz apresentaram seus lançamentos, em bolsas e sapatos, para a temporada primavera-verão 2019/2020, dentro de suas coleções resort/cruise.



No vídeo mostramos todas as novidades, tendências, apostas e preços das duas coleções.

Para assistir, é só apertar o play abaixo ou clicar aqui: link.


Não esquece de contar pra gente se gostou do vídeo e, se curtiu, dá um joinha aeee! Ah, lembrando que quem se inscreve no canal, e ativa as notificações, recebe tudo em primeira mão, ativando as notificações! Bora lá! Bjoooooo.

30/07/2019

entenda a diferença entre cosméticos orgânicos, veganos e cruelty-free

::::: por equipe :::::

Se você quer saber as diferenças entre produtos orgânicos, veganos e cruelty- free, a gente divide aqui a explicação do farmacêutico e diretor científico da Consulfarma, Lucas Portilho, que nos informou sobre as características de cada classificação e como podemos escolher o que queremos usar observando os selos de certificação e quais são mais confiáveis. 



"Atualmente, as pessoas em busca de uma rotina de skincare eficiente, usam cosméticos em grande quantidade, sem saber sua devida origem e efeito, o que pode ocasionar complicações na pele, além de uma possível frustração após descobrir do que e como são produzidos e aprovados para uso."

A seguir, confira as informações sobre cada classificação: 

Orgânico: É aquele que também é conhecido como sustentável, devido ao baixo impacto ambiental, mas difere do cosmético natural, já os orgânicos não contêm ingredientes que sofreram com processos químicos e não são considerados alergênicos. Várias empresas acabam dizendo que um cosmético é orgânico sem ter uma certificação. Para um produto ser certificado como orgânico, 95% do total das matérias-primas têm de ser avaliadas como tal e os outros 5% têm de ser permitidos na substância orgânica, com algum órgão garantindo que ele cumpre, de fato, esses requisitos. No Brasil, um grande número de cosméticos é lançado a todo momento e é natural que vários deles saiam com erros de composição e rotulagens exageradas defendendo a natureza, eco-friendly, mas não sendo de fato. 

Vegano: Esse tipo de cosmético pode ser sintético e não é necessário ser completamente vegetal, porém é fundamental que ele não tenha nada derivado de animais e nem sejam testados neles. "O veganismo é uma forma de não prejudicar os animais de forma alguma, por isso alguns ativos como a lanolina, que é a cera de lã, e a cera de abelha não são utilizados", afirma o farmacêutico. Não é obrigatório ter certificação, mas caso a pessoa queira comprovar que os cosméticos são veganos, existem empresas especializadas para isso.

Cruelty-free: Como o nome já diz, é livre de crueldade, ou seja, não são usados animais para fazer testes. “No Brasil, há muitos anos, não se vê cosméticos testados em animais. Atualmente, os testes são feitos em seres humanos, como a irritabilidade primária, acumulada e também o teste de sensibilização cutânea, ou então são utilizados os testes in vitro. Os humanos são voluntários que vão em laboratórios credenciados e lá fazem os patch tests, realizados com um adesivo e acompanhados por um dermatologista, onde a irritabilidade do produto é avaliada e a sensibilidade das pessoas em relação a ele também. Se esse cosmético for testado em 60 pessoas e não apresentar nenhum tipo de reação, o produto é considerado dermatologicamente apto para uso”, esclarece Lucas Portilho.

Efeitos: Pode ser igual para cada tipo, dependendo da composição. Muitos cosméticos veganos e orgânicos possuem a mesma função de cosméticos comuns, mas o que difere muito é o preço de mercado, porque, geralmente, as matérias-primas de produtos orgânicos são mais caras do que em cosméticos convencionais. “Hoje, o número de matérias-primas que não são orgânicas certificadas é muito maior, então, há um leque de opções e uma ferramenta ampla para trabalhar a pele com cosméticos que não são orgânicos e naturais. Mas, em feiras e congressos internacionais, as empresas lançam, cada vez mais, matérias-primas sintéticas em versões vegetalizadas, com a significativa maioria dos ingredientes sendo vegetais e orgânicos certificados”, afirma o diretor da Consulfarma.

Fique atento aos selinhos certificadores: Olhar os selos e avaliar se eles são de fato certificados ou não é algo complicado porque uma empresa pode inventar um selo e o consumidor não sabe diferenciar se o selo é correto ou não. Os mais importantes são o da Cosmos, IBD e Ecocert, pois garantem que um cosmético seja orgânico.


FONTE:
LUCAS PORTILHO
Consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma e Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Especialista em formulações dermocosméticas e em filtros solares. Diretor das Pós-Graduações do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional, Hi Nutrition Educacional e Departamento de Desenvolvimento de Novas fórmulas. Atuou como Coordenador de Desenvolvimento de produtos na Natura Cosméticos e como gerente de P&D na AdaTina Cosméticos. Possui 17 anos de experiência na área farmacêutica e cosmética. Professor e Coordenador dos cursos de Pós-Graduação com MBA do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional. Coordena Estágios Internacionais em Desenvolvimento de Cosméticos na Itália, França, Mônaco e Espanha. Atua em desenvolvimento de formulações para mercado Brasileiro, Europeu e América Latina.

22/07/2019

como proteger sua pele do ar frio e do tempo seco, que causam desidratação e doenças [dicas do médico]



Hoje a gente compartilha com você dicas do Dr. Jardis Volpe, a respeito de como proteger a pele, os lábios e os cabelos durante as baixas temperaturas do inverno. Não sei se você sabe, mas essa época do ano é propícia ao surgimento de várias doenças de pele, por isso a prevenção é essencial pra gente não adoecer.

Além de conferir as dicas, a gente também quer dividir com você alguns hábitos que podem ser nocivos para a saúde e o bem-estar. Por isso, confira todos os detalhes abaixo. Esperamos que você goste!



Como proteger sua pele do ar frio e do tempo

 seco, que causam desidratação e doenças


Além do excesso de sol que faz mal à pele, as baixas temperaturas provocam alergias e também intensificam as doenças dermatológicas. Por isso, algumas prevenções são essenciais para evitar esse tipo de situação.


No inverno, o cabelo, os lábios e a pele sofrem devido à baixa umidade e ao clima frio. Os banhos exageradamente quentes e também o vento ajudam a piorar a beleza e a saúde dessas regiões do corpo. “Nesses casos, a gordura presente na camada da superfície da pele é retirada, causando o surgimento da desidratação – com a pele irritada, ressecada e descamada, ou a piora das doenças dermatológicas já existentes, como a psoríase e as dermatites atópicas (faixas de vermelhidão e descamação na pele que atacam as pessoas alérgicas) e seborreica (placas vermelhas descamativas que usualmente aparecem no rosto)”, afirma o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Com isso, o tempo seco, unido à poluição, deixam os lábios muito ressecados. “Isso ocorre porque eles estão mais em contato com a poeira, o vento, a poluição e o tempo muito seco, retirando sua oleosidade e hidratação natural. Eles ficam muito secos e rachados, realmente, se não forem hidratados. Os joelhos, cotovelos, pés e mãos também são prejudicados por serem áreas com poucas glândulas sebáceas e mais sujeitas ao ressecamento”, completa.


A qualidade da pele e do couro cabeludo pode piorar devido aos hábitos errados no inverno. “O pior deles é tomar banhos longos e bem quentes. A água em alta temperatura acaba retirando a oleosidade e favorecendo a aparição da dermatite seborreica. A bucha, esfregada em excesso no corpo, também agride demais os tecidos e resseca ainda mais a pele”, explica. Um outro erro bastante comum é lixar os pés: “Quanto mais o quadro de esfoliação for agressivo, maior vai ser a produção rebote (de queratina) pela pele (como resposta natural do corpo), e maior será o espessamento. Então, a pele fica ainda mais grossa. Além disso, num primeiro instante, há a possibilidade de perder a capacidade de autoproteção, sendo retirado também o estrato córneo natural que protege os pés, com a abertura para fungos e bactérias, aumentando a sensibilidade e ajudando no crescimento da dermatite irritativa ou de contato”, comenta o médico, que separou algumas dicas importantes para passar o inverno sem preocupação:

Temperatura da água no chuveiro – Evite banho muito quente, porque ele remove a oleosidade natural da pele e do cabelo, causando ressecamento. De 35 a 40 graus é o suficiente para um bom banho. Uma dica é olhar sempre o espelho: se o espelho estiver embaçado por inteiro, a água estará em exagerados 60 graus aproximadamente.

Pele do rosto – Para uma pele limpa, água morna e um pouco de sabonete são a medida certa, dê preferência a sabonetes líquidos mais leves, menos agressivos, e com capacidade hidratante.

Hidratação do rosto – Depois da limpeza e tonificação, use hidratantes capazes de deixar a pele muito bem hidratada, contendo ácido hialurônico e ativos formadores de filme.


Uso excessivo de hidratantes no corpo - Aplique com o corpo ainda úmido para o aumento da penetração.

Escolha de vestimenta - Dê preferência a casacos e blusas de moletom ou de algodão ou flanela. No uso de roupas de lã, fios sintéticos ou lã acrílica, utilize uma camiseta de algodão por baixo para se proteger contra coceiras e alergias e também para escapar do contato direto com a pele.

Secador de cabelo – Quando for aplicado no inverno, utilize o secador o mais longe possível do cabelo, evitando assim que o couro cabeludo seja queimado e descamado.

Hidratação do cabelo - A máscara ideal para causar um efeito nutritivo ao cabelo pode conter na composição produtos derivados de vegetais (manteiga de karité, manteiga de cacau, manteiga de oliva, óleo de Algodão, óleo de girassol, etc.), com ativos que repõem os nutrientes necessários para manter o cabelo nutrido e bonito ao longo do inverno.

Uso de condicionador e cremes sem enxágue - Aplique da metade para baixo nos fios. Evite contato com o couro cabeludo para prevenir descamações. Lave retirando bem o produto. Creme sem enxágue deve ser aplicado evitando o contato com a raiz.

Uso de filtro solar – Mesmo com a chegada do inverno, devemos passar o protetor solar diariamente. Ele deve variar conforme o tipo de pele e contar com FPS 30, no mínimo.

Esfolie os pés – Para o problema com a pele dos pés mais grossa, a esfoliação natural é a melhor maneira para resolução. “Antes de esfoliar, os pés devem ser colocados numa solução que pode ser de água com uma mistura de óleos e somente depois fazer a esfoliação, em movimentos circulares”, recomenda. Depois, faça uma hidratação com cremes à base de lanolina, manteiga de karité, vitamina E, pró-vitamina B5 e ureia.

Beba muito líquido – O consumo de água, frutas e verduras, é fundamental e não pode ser esquecido.


Visite o dermatologista – Muitos problemas de pele podem ser solucionados com procedimentos em consultório, durante as temperaturas mais baixas, pois a incidência do sol é menor.


Fonte:
Dr. JARDIS VOLPE
Dermatologista; Diretor Clínico da Clínica Volpe (São Paulo). Formado pela Universidade de São Paulo (USP); Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Membro da Sociedade Americana de Laser, da SBD e da Academia Americana de Dermatologia; Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela FMABC; Atualização em Laser pela Harvard Medical School. www.clinicavolpe.com.br

10/07/2019

testei: perfume eudora rouge eau de parfum

::::: por ana herrera :::::

Já faz um tempinho que o perfume EUDORA ROUGE EAU DE PARFUM foi lançado, mas só agora que o tempo esfriou um pouco aqui em Sampa, é que comecei a usá-lo todos os dias. Por isso, hoje, conto minha experiência e os detalhes dessa fragrância.



De acordo com a marca, esse perfume foi desenvolvido especialmente para mulheres de atitude, que provocam reações ao passar e que permanecem na memória daqueles que cruzam o seu caminho.

Ele é inspirado no poder e na confiança que o vermelho desperta, resultando assim em um eau de parfum elegante e que marca presença. Sua essência marcante combina as notas suculentas da maçã vermelha e da ameixa com a personalidade da flor de jasmim. A intensidade das notas amadeiradas do patchouli e o Segredo de Eudora despertam a confiança para se tornar inesquecível. O caminho olfativo é o Chypre Floral.

MINHA EXPERIÊNCIA

Se você conhece bem os perfumes da Eudora, logo na primeira borrifada, já dá pra perceber que o Rouge conta com aquele aroma característico do Segredo de Eudora, presente em quase todos os seus perfumes. Se você é fã dessa fragrância, com certeza vai amar o Rouge; agora, se já enjoou um pouco do segredo... saiba que nesse perfume ele também está presente.



Na primeira borrifada, além do "segredo de Eudora", dá pra sentir também uma fragrância intensa e suculenta de frutas, assim como descrito pela marca. Esse cheirinho de frutas é doce e aveludado. O doce não é enjoativo e o aveludado dá vontade de comer, rs! Parece um cheirinho de maçã do amor, mas com o açúcar equilibrado, sem tanta doçura, sabe?

Com o passar do tempo, o perfume vai ganhando corpo e as flores aparecem para dar uma personalidade marcante a essa fragrância. No início, assim que a gente aplica o perfume no corpo, a fragrância é intensa, mas depois de, aproximadamente, 20 minutos, o perfume começa a ficar mais suave e perde um pouco de sua intensidade. O que pra mim é uma delícia, já que as primeiras notas são fortes demais, rs!



Depois desse tempo de 20 minutos, a fragrância fique bem elegante, envolvente e sensual e, apesar de ser um perfume feminino, acho que a combinação de flores e frutas na medida certa, faz com que ele seja perfeitamente compartilhável (se você não sabe o que é um perfume compartilhável, expliquei tudo neste post:O que é um perfume compartilhável?). Pode parecer loucura, né? Mas, sim eu imagino um homem bem elegante e sedutor com essa fragrância, rs!

A durabilidade é excelente, já que, em minha pele, ele dura o dia inteiro. Sério, se passo de manhã, à noitinha ainda sinto o cheiro. Além de durar bem, ele "gruda" na roupa de um jeito, que faz com que a gente sinta a fragrância ainda mais durante o dia. Essa durabilidade tem a ver com o fato de ser um eau de parfum, assim, naturalmente, os perfumes com essa classificação tendem a ficar mais tempo na pele. Dá uma olhada no post onde explico essa característica: Perfume: Classificação Conforme a Concentração de Óleos Essenciais.



O frasco é lindo! Achei a combinação do vermelho com dourado perfeita. Esse frasco traduz elegância, sofisticação, luxo e poder. Combina muito com a fragrância, ideal para pessoas decididas e cheias de atitude!

Já que comecei a falar com o que esse perfume combina, vamos à minha já famosa listinha de "combina com":

  • Dias frios, definitivamente gosto mais de usá-lo em dias com temperaturas mais baixas;
  • Festas à noite;
  • Primeiros encontros;
  • Jantares, vinho tinto e jogos de sedução;
  • Paixão e mistério;
  • Dias especiais de acontecimentos importantes, quando queremos que nossa presença seja notada;
  • Dias intensos, quando queremos estar perfumadas de manhã até a noite;
  • Vestido vermelho e personalidade enigmática.
Agora, eu quero saber: qual é a sua fragrância preferida da Eudora? Conta pra mim nos comentários, vou adorar saber!

Para saber tudo:
Preço sugerido: R$ 159,90 (75 ml)


[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]