24/10/2019

afinal, por onde começar a rejuvenescer o rosto? idade certa, procedimentos


Hoje o assunto aqui é uma dúvida muito frequente entre as pessoas que desejam rejuvenescer o rosto e não sabem por onde começar. Várias leitoras nos perguntam com frequência "se é possível ter um rosto mais jovem somente com cremes faciais ou se apenas os procedimentos cirúrgicos são a solução". Enfim, qual são as melhores técnicas e produtos? Como não somos médicas, resolvemos compartilhar aqui as explicações do Dr. Paolo Rubez, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

créditos da imagem


Afinal, por onde começar a rejuvenescer 
o rosto?
Cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez soluciona as dúvidas mais comuns de quem quer combater os sinais da idade que surgem na face e não sabe por onde começar. 

Com o passar dos anos, a pele do nosso rosto passa por uma série de modificações devido ao processo de envelhecimento e aos danos sofridos ao longo da vida por agressores externos, como o sol e a poluição. Entre essas modificações, estão o surgimento de rugas, linhas de expressão, flacidez e manchas, que podem causar grande desconforto estético, levando muitas pessoas a quererem rejuvenescer o rosto por meio de procedimentos estéticos para conquistar uma pele jovem e bonita novamente. Porém, grande parte das pessoas tem dúvida de como começar a procurar por tais procedimentos. Para ajudar nesses casos, o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e especialista em Cirurgia de Enxaqueca pela Case Western University, respondeu as principais perguntas que surgem na mente de quem quer rejuvenescer o rosto. Confira:

POR ONDE COMEÇAR? O primeiro passo antes de optar por qualquer tipo de procedimento estético para rejuvenescer o rosto, seja ele cirurgia plástica ou aplicação de toxina botulínica, é realizar uma consulta com o cirurgião plástico. “Apenas ele poderá realizar uma avaliação para identificar qual parte do rosto necessita de um rejuvenescimento mais intensivo. Ou seja, o médico poderá indicar se o procedimento precisa focar na melhora da textura da pele, na reposição de volume perdido ao longo dos anos ou no tratamento das camadas mais profundas do rosto, como músculos e ossos. Um diagnóstico preciso é fundamental para atingir os melhores resultados possíveis.

QUAL É A IDADE CERTA? Não existe idade certa para buscar procedimentos de rejuvenescimento. A partir do momento em que os sinais da idade passam a te deixar desconfortável de alguma forma, é hora de procurar por procedimentos estéticos que vão te fazer se sentir bem com sua própria aparência. O mais importante é que os tratamentos que você busca estejam adequados para sua idade e para as características de sua pele. Pacientes mais jovens e que cuidaram do rosto ao longo da vida, por exemplo, vão necessitar de procedimentos mais simples e, muitas vezes, não cirúrgicos, enquanto pacientes mais velhos, que já apresentam grande sinais de envelhecimento necessitarão de procedimentos mais agressivos.

créditos da imagem

QUAL O MELHOR PROCEDIMENTO? Não existe uma resposta definitiva para essa pergunta. O mais importante é que o procedimento que será realizado seja decidido durante uma conversa franca com seu cirurgião. “Um erro muito comum é os pacientes chegarem ao consultório médico procurando por procedimentos pequenos na tentativa de alcançar resultados mais naturais, mesmo já tendo grande sinais de envelhecimento facial. Nesses casos, o melhor é, na verdade, começar com um tratamento um pouco mais invasivo, como uma cirurgia de lifting facial, para realmente dar fim ao que causa incômodo ao paciente, e, em seguida, realizar procedimentos menores, como aplicação de toxina botulínica e preenchimentos, visando a manutenção dos resultados obtidos com a cirurgia”, ressalta o especialista. Logo, para alcançar os melhores resultados, o ideal é que o tratamento inicial seja o mais completo possível.

créditos da imagem

Por fim, o Dr. Paolo Rubez ressalta que a melhor forma de se conquistar uma pele jovem e bonita é através da prevenção, que pode ser realizada por meio de cuidados básicos, como parar de fumar, usar diariamente fotoprotetores e cosméticos hidratantes e antioxidantes, adotar uma alimentação balanceada, principalmente com baixo consumo de carboidratos, e praticar exercícios físicos regularmente.

FONTE:

DR. PAOLO RUBEZ
Cirurgião plástico, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico é especialista em Cirurgia de Enxaqueca pela Case Western University, com o Dr Bahman Guyuron (em Cleveland – EUA) e em Rinoplastia Estética e Reparadora, pela mesma Universidade e pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP. http://drpaolorubez.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...