25/07/2017

testamos: photoderm nude touch/bioderma #oavessorecomenda


Há alguns dias, participamos do lançamento do protetor solar com cor PHOTODERM NUDE TOUCH, da Bioderma, que mostramos hoje neste post.



Sendo bem sinceras, apesar de adorar a apresentação do produto, seus benefícios e toda a tecnologia envolvida em sua criação e fabricação, ainda assim, duvidávamos muito de que esse produto pudesse ter um resultado bom em nossa pele.



Em se tratando de um protetor solar com cor, você pode pensar que a nossa desconfiança toda era fundamentada pela cartela de tons de disponíveis, né? Mas, não, nesse ponto, as três versões lançadas (muito claro, claro e dourado) são ideais e, tanto a "muito claro" quanto a "claro", casaram perfeitamente com nosso tom de pele.


foto da foto: cartela de cores em exposição no dia do evento


de cima para baixo: claro e muito claro

A questão era: por ter uma cobertura leve, será que o Photoderm Nude Touch funcionaria razoavelmente bem em um rosto que temm manchas? Mais pra frente neste post, eu, Mirian, que tenho a pele bem manchada por conta do sol, compartilho minha experiência de uso.



Voltando ao lançamento da Bioderma, olha só que características interessantes que o Photoderm Nude Touch tem e as quais nós pudemos comprovar no uso:

  • Conta com a tecnologia Liquid to Powder, ou seja, ao aplicar o produto, ele é líquido e, depois de 60 segundos, seca e fica com a textura de pó, o que garante uma pele sequinha;
  • FPS 50+, ou seja, é um fator de proteção bem alto;
  • Como acontece com todo protetor solar com cor, ele cria uma barreira física na pele, que a protege ainda mais contra os raios nocivos do sol e contra a luz visível;
  • Tem uma textura super leve - parece que você não está usando nada, sabe?;
  • Quem tem pele oleosa como a nossa vai amar, já que a oleosidade fica bem controlada - um sonho, né?;
  • Tem uma cobertura beeeem leve, nós diríamos levíssima e, portanto, não cobre as manchas mais hard, sabe? Entretanto, esperando a secagem entre uma aplicação e outra, dá pra construir camadas com tranquilidade;
  • Sem perfume - característica maravilhosa, já que ninguém gosta de sair na rua cheirando a protetor solar, né?;
  • Apesar de o preço ser razoável (R$ 89,90 - 40 ml), aparentemente se gasta muito produto por uso, então, talvez o rendimento não seja tão amigo assim - mas isso ainda temos de comprovar, tá?


a maquiadora Ariana em ação!

Além das características citadas acima, a Bioderma informa que o produto protege a pele por até 8 horas e, se usado diariamente, por 21 dias, além de proteger, ele também servirá como um "tratamento", melhorando a textura e a uniformidade da pele. Bom, hein?



Para mostrar esse lançamento, a equipe da marca montou um evento muito bacana - parabéns, gente, adoramos! - e, por lá, disponibilizou um aparelho chamada DermaScan, que consegue demonstrar se você passou o protetor direitinho, se seu rosto está bem coberto de produto, etc. Olha só:


foto tirada com o aparelho DermaScan: os pontos mais claros - desconsiderar o sorrisão da Mirian! - mostram as partes onde falta protetor solar; como a maior parte do rosto está em azul, quer dizer que estamos bem protegidas

Tudo isso posto e compartilhado, chega agora a hora de a Mirian falar sobre sua experiência de uso.

:::::::: MINHA EXPERIÊNCIA DE USO:::::
Como a gente comentou no início, minha pele é beeeem manchada pelo sol, já que, mesmo sendo bem fantasminha, adoro nadar e sempre aproveito (e aproveitei!) muito o verão na piscina e na praia. Sempre faço tratamentos de clareamento no inverno, mas sendo bem sincera, nada é 100%, né?

Por isso, eu já sabia que o Photoderm Nude Touch não cobriria totalmente minhas manchas, mas minha dúvida era: quanto cobriria?


sem e com o Photoderm Nude Touch - usei o tom CLARO

Usei conforme indicado: agitei bem - passo super importante, destacado na embalagem e enfatizado pela equipe Bioderma! - esperei ouvir as "bolinhas estourarem", apliquei no dorso da mão e, com o auxílio de um pincel, passei no rosto. Aqui, cabe mais uma dica: aplique o produto com os dedos ou com pincel e evite o uso de esponjinhas, pois elas são super absorventes e, com elas, você acaba gastando mais produto.



Depois de esperar os 60s de secagem, posso dizer que fiquei bem satisfeita com a cobertura, pois, em minha opinião, acho que o efeito do Nude Touch é mais de DISFARCE do que de COBERTURA. Ele funciona bem para a rotina do dia a dia, quando não precisamos daquele super makeup, assim como também pode ser usado em conjunto com sua base favorita, fazendo bem o papel de um protetor solar. Você aplica o Nude Touch, espera secar e, em seguida, é só aplicar a base. Deu certo pra mim e o resultado é legal, viu?



No mais, acho que esse produto segura bem a oleosidade e, quando o uso, tenho a impressão de pele mais bonita, como se o rosto ganhasse vida, sabe?

Não posso chegar ao ponto de usar aquela expressão "sou suspeita pra dizer", já que todos os produtos que aparecem aqui no blog são testados muitas e muitas vezes, por todas nós, mas, sem dúvida, a Bioderma sempre tem crédito comigo, pois, simplesmente, a marca tem uma das águas micelares que eu mais amo (aliás, já assistiu o vídeo que publicamos estes dias lá no canal sobre o assunto? Vem assistir então "Cinco Dicas Infalíveis sobre Água Micelar +9 marcas boas", é só clicar aqui!), entre outros produtos que testei e dos quais sou fã.

Resumindo, para nós, o Photoderm Nude Touch funcionou bem para o uso diário, não deixou a pele oleosa - pelo contrário, ajudou a controlar o problema -, a sensação de "pele sem nada" é maravilhosa e dois dos três tons disponíveis (claro e muito claro) são os ideais para nós. 

Vale dizer também que pode ser uma boa opção de produto para o público masculino, já que o Photoderm é bem fluído e não deve incomodar ao aplicar na área da barba/bigode. Fora que, né, você não fica com cara de quem passou maquiagem!

Sem dúvida, meninas e meninos de pele negra sentirão falta de uma nuance mais escura, então, já fica a dica aqui para que a Bioderma invista em um tom assim.



Já falamos sobre PROTETOR SOLAR COM COR em um vídeo velhão lá do canal (este, clique aqui), e como velho não quer dizer desatualizado, as informações compartilhadas por lá ainda são beeem válidas - é claro que copiões e stalkers de plantão gravaram depois vídeos parecidos, mas o nosso vale a pena assistir pela recomendação das marcas e pelo embasamento da entrevista que fizemos com nosso dermatologista, antes de sair por aí falando besteiras.

Antes de fechar, um conselho: na dúvida de usar protetor solar com ou sem cor, prefira o produto COM COR, já que, justamente por conta de ter cor, ele oferecerá uma barreira a mais de proteção para sua pele.

Agradecimento especial às queridas maquiadoras do CKamura, Ariana e Renata, que nos atenderam muito bem, com uma gentileza enorme, que vai além do profissionalismo - isso foi carinho, gente! Recomendamos as duas de coração!


Obrigada, meninas! Vocês arrasam!

Agora, conta pra gente: você costuma usar protetor solar com cor? Fala aí!

Para saber tudo:
Bioderma Brasil
Site: link; Instagram: link; Facebook: link

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto e imagens produzidos pelo O Avesso da Moda. Todos os direitos reservados.]

Um comentário:

  1. Muito bom, gostei! Esse produto é uma verdadeira mão na roda

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...