09/03/2012

Surrealista pop em uma profusão de cores - Stephen Hall em entrevista exclusiva

por mirian barranco herrera

Um olhar menos atento poderia "classificar" a obra de Stephen Hall como comercial demais.  Talvez pelo trabalhos que realizou para filmes como Escola do Rock, Wall Street: o dinheiro nunca dorme, O Casamento de Margot; em clipes de Lenny Kravitz, B52's, Monie Love; em publicações  como Vogue, GQ, Paper, Ginza ou por fazer parte de coleções particulares de personalidades como Johnny Depp, Diana Ross, Fred Schneider... a lista é grande...


Self-Portrait as congolese woman in drag
Acrílico sobre tela, 2012

Mas a obra do escocês, radicado em Nova York, Stephen Hall, está muito além disso.  É impossível ficar indiferente à profusão de cores e padrões que parecem a "pele" dos personagens... E também parece impossível não notar uma pitada de ironia em sua gueixa com um saquinho de batatas-fritas do McDonald's nas mãos, no bravo mexicano com um rolex e no guru ao lado de um par de tênis Adidas...


Sua obra, dividida em categorias como Neo Pop Surrealism, Diverse Cultural Portraits, Future Nature, entre outras, é um convite à imaginação.


Forked Up
Acrílico sobre tela, 2011 

A seguir, a entrevista exclusiva que ele concedeu ao O Avesso da Moda e suas impactantes imagens.



Avesso: Como e por que você teve a ideia de criar um trabalho tão maravilhoso? Qual sua inspiração para criar suas obras? 

Stephen Hall: Sempre desenhei e pintei, desde pequeno, mas o trabalho que faço atualmente é resultado de vários anos de exploração e de tentativas de deixar minha imaginação ser livre


Screwed Up
Acrílico sobre tela, 2011 


Blue Eyed Soldier
Acrílico sobre tela, 2010


Avesso: Seu trabalho é repleto de significado e o observador deve prestar muita atenção aos detalhes, que são complementados por um título sugestivo, como “Rolex Revolutionary”. Qual é seu intuito ao fazer isso? Você busca incluir o observador como parte de seu trabalho ou quer somente instigar o pensamento a respeito de questões sociais? 
SH: Frequentemente o título surge somente como associação a algo que está na pintura ou algo que aguça minha lembrança, mas eu tento engajar o observador e fazê-lo pensar. Às vezes, há, de fato, implicações políticas; em outros momentos é somente para oferecer perspectivas alternativas.

Rolex Revolutionary
Acrílico sobre tela, 2010 

Mypad
Acrílico sobre tela, 2010

WhoDoGuru
Acrílico sobre tela, 2010

Tweeting
Acrílico sobre tela, 2010

Avesso: O que é belo para você? 
SH: Esta é uma pergunta bastante abrangente. Eu vejo beleza em todo barulho, complicações e cores da vida e tento fazer uma sugestão disso em meu trabalho.

Paso Doble
Acrílico sobre tela, 2003

Falling Fibula
Acrílico sobre tela, 2008

Hard as nails
Acrílico sobre tela, 2007

Avesso: Corrija-me se eu estiver errada, mas as roupas parecem ter um significado bastante importante em seu trabalho. Às vezes, elas parecem ser a pele e outras, elas parecem apresentar uma mensagem subliminar. 
SH: Quando cheguei a Nova York, de fato, desenhei e fiz roupas e joias, bem como móveis. Obtive um sucesso bastante razoável com isso, mas percebi que minha verdadeira paixão era a pintura e desisti de tudo para focá-la.

Saint and sinner
Acrílico sobre tela, 2007

Novice Punk
Acrílico sobre tela, 2011

Avesso: Seu trabalho é abrangente e eu percebi que você também trabalhou no meio cinematográfico, como em “Wall Street II”, “Escola do Rock”... Poderia comentar a respeito? 
SH: Trabalho de modo bastante próximo a várias pessoas em filmes e em clipes; às vezes, criando cenários ou adereços, mas com maior frequência são algumas pinturas que são utilizadas para servir de decoração a uma cena em um filme; às vezes é uma obra minha e, às vezes, uma que é especificamente encomendada, como uma reprodução de um Warhol ou de outro artista cujo valor de aluguel da obra é muito caro.

Birds of a feather
Acrílico sobre tela, 2011

Facing Fear
Acrílico sobre tela, 2010

Avesso: “Beauty and the ugly truth” é uma pintura que é impossível esquecer. Pode comentar a respeito?

SH:  Beauty and the Ugly Truth é uma obra bastante popular e foi a primeira com a qual eu comecei a explorar a identidade cultural, bem como a sobrecarga da informação que bombardeia a todos nós hoje em dia. Acredito que as pessoas se sentem atraídas por ela porque a personagem principal, a gueixa, é um tipo idealizado de beleza e serenidade e que, contudo, guarda dentro de si todos os tipos de surpresas. 


Beauty and the ugly truth
Acrílico sobre tela, 2010


Avesso: Sobre suas obras, elas estão atualmente em exibição? Pretende expô-las no Brasil? 

SH: Em 31 de março, será inaugurada uma exposição de meu trabalho em Nova York e, se algum de seus leitores estiver aqui nessa data, podem entrar em contato comigo pelo site, para detalhes. Também estou trabalhando em uma exposição em Mumbai e adoraria apresentá-la no Brasil, mas não tenho contatos. Talvez o pessoal por aí conheça alguém que possa organizar alguma coisa no futuro.



Para saber mais:
Contato: stephenhallny@yahoo.com

[©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto produzido pelo O Avesso da Moda. Imagens gentilmente cedidas por Stephen Hall exclusivamente para publicação nesta reportagem. Todos os direitos reservados.]

17 comentários:

  1. Que bela entrevista!!! E que obras lindas!!! Quando vier para o Brasil vou concerteza! Temos que prestigiar esses trabalhos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nooooossa, simplesmente maravilhosa e impactante a arte de Stephen Hall. Depois de ter lido a entrevista e ter visto as imagens, ainda fiquei por um bom tempo pensando... Admiro muito os artistas que deixam extravazar os seus sentimentos e os transformam em imagens reveladoras.
    Parabéns Stephen! Definitivamente queremos você no Brasil!

    ResponderExcluir
  3. que honra terem conseguido uma entrevista com ele... admirável o trabalho dele, né?!

    beijos
    http://makeupsecretbox.com

    ResponderExcluir
  4. garotas, que tuuuuuuudoooooo os trabalhos do Stephen... amodorei!!!! Quero um pra mim!!!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  5. Bem legal a entrevista, os quadros são divertidos
    Bjos!
    amonailart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Que trabalho mais lindo!

    Beeeijo
    www.clubedadeinha.com

    ResponderExcluir
  7. E que arte!! Stephen Hall me conquistou pelo colorido, contudo, o que mais me supreendeu foram os olhos dos personagens... O olhar deles é forte e diz mais do que a própria figura. O "Novice Punk" por exemplo, parece perscrutar o observador até a alma...

    Parabéns por mais está matéria e por trazer esse assunto para mim, que não o conhecia!!

    Beijos às meninas de O Avesso da Moda

    ResponderExcluir
  8. Nossa incrivel o trabalho dele.
    http://plumasepaets.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Ain que tudo arrasou na entrevista!
    O trabalho dele é maravilhoso.
    Parabéns pelo post

    Beijos

    http://jeicinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Muito massa, gostei do trabalho dele!
    Beijos.
    http://www.backstagepessoal.com/

    ResponderExcluir
  11. As obras dele são belissimas.
    http://maosdemocas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Nossa que lindos, adoro arte surrealista!!!

    www.deysejoyce.com

    Bjins

    ResponderExcluir
  13. Nossa muito interessante! parece fluorescente.
    bjão
    www.olhinhosdacaju.com

    ResponderExcluir
  14. Querida Miriam adorei a entrevista bem como abundância de cores, . Parabéns por preciosamente dirigir a entrevista e dar-nos a oportunidade de conhecer este Artista. Através do Blog desejo sucesso no dia 31 de março. próximo. bjs
    virgínia f. momberger (fuber)NH RS BR

    ResponderExcluir
  15. MUCHO LOCO!!!!
    REALMENTE,UMA PROFUSÃO DE CORES E EXCELENTE PARA MATERIAL DE INSPIRAÇÃO PRA ESCOLHA DA PALHETA DE CORES PRA MONTAGEM DE UMA COLEÇÃO,POR EXEMPLO...
    CORES,INICIALMENTE,DE INIMAGINÁVEIS COMBINAÇÕES SÃO TESTADAS,CHOCADAS CONTRA SI E ADMIRADAS!
    PARABÉNS PELA MATÉRIA,COMO SEMPRE 10!BJSSSS!!!

    ResponderExcluir
  16. Trabalho sem igual! Espero que ele consiga trazer a exposição para o Brasil, adoraria ver ao vivo!

    Parabéns, meninas! Mais uma entrevista com um artista maravilhoso!

    Bjos bjos!

    ResponderExcluir
  17. BELÍSSIMA A ARTE DE STEPHEN HALL! E VOCÊS MENINAS DO AVESSO DA MODA...MAIS UMA VEZ NOS OFERECERAM UM DELICIOSO ESPETÁCULO! QUERIDA MIRIAN BARRANCO HERRERA PARABÉNS PELA ÓTIMA ENTREVISTA!

    beijinhos+carinho ♥

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...